Copyright 2020 - Custom text here
Economia e Gestão

Economia e Gestão

OBJECTIVOS

A Licenciatura em Economia e Gestão proporciona um conhecimento avançado e rigoroso no domínio científico que lhe é próprio. Também garante uma aprendizagem sólida em áreas complementares, mas essenciais à formação do macro e do micro-economista, como são as das Matemática, História, Sociologia e Direito. Os três primeiros anos do Curso são fundamentalmente dedicados ao estudo de matérias de formação geral em teoria micro e macro-económica e em áreas disciplinares complementares. Pretende-se que o estudante adquira uma base consistente para o conhecimento e a compreensão dos fenómenos e problemas económicos com que terá de que se confrontar na vida activa. O Programa de Licenciatura articula uma formação generalista de grande qualidade com a possibilidade de uma especialização em várias áreas da micro e da macro-economia.
O quinto ano inclui um estágio. Procura-se, assim, possibilitar uma maior aproximação à vida profissional futura e estimular o desenvolvimento de projectos de pesquisa e de trabalho em equipa. O frequentador do ramo de Gestão fica munido de uma formação curricular que integra, "de forma harmoniosa", disciplinas de base como a Economia, a Contabilidade, a Matemática ou Sociologia, com disciplinas funcionais como a Fiscalidade, a Estratégia Empresarial ou a Gestão da Produção. Em resultado, a sua formação permite-lhe agir profissionalmente, numa óptica de gestão, no universo das organizações e das autoridades econónico-financeiras. O frequentador do ramo de Economia e Administração Hospitalar fica munido de uma formação curricular que integra "de forma harmoniosa" disciplinas de base com disciplinas como a Economia de Saúde, a Economia da Protecção Social ou Sistemas de Informação na Saúde.
O quarto ano, momento em que o estudante escolhe, voluntária e necessariamente um dos quatro ramos do Curso, é dedicado ao aprofundamento de um dos domínios disciplinares específicos e à formação em áreas optativas de livre escolha. Em resultado, a sua formação permite-lhe agir profissionalmente, numa óptica micro e macro-económica, no universo das organizações e dos serviços de Saúde. O frequentador do ramo de Cooperação e Desenvolvimento fica munido de uma formação curricular que integra "de forma harmoniosa" disciplinas de base funcionais como a Cooperação Internacional e Projectos de Desenvolvimento. Em resultado, a sua formação permite-lhe agir profissionalmente, numa óptica micro e macro-económica, no universo das organizações nacionais e internacionais, governamentais ou não governamentais, que visam a cooperação como fórmula para o desenvolvimento.
A Licenciatura em Economia e Gestão direcciona todas as atenções para a evolução das necessidades de pequenas e médias empresas, associações e cooperativas. Assim, o Plano Curricular foi elaborado de acordo com a ideia de que a globalização veio exigir novos modelos de gestão e funcionamento.
Uma vez que estes organismos representam um papel fulcral na definição do tecido empresarial nacional, torna-se indispensável a formação de uma nova geração de gestores e administradores.

SAÍDAS PROFISSIONAIS

- Gestão de Associações, Cooperativas e Pequenas e Médias Empresas com ou sem Fins Lucrativos;
- Trabalho em Projectos de Desenvolvimento e Cooperação;
- Auditoria e Consultoria em Gestão;
- Elaboração de Projectos Económico-Financeiros;
- Organismos Económicos e Financeiros Nacionais e Internacionais;
- Administração Pública;
- Investigação Aplicada à Gestão, à Economia, à Saúde e à Cooperação e Desenvolvimento;
- Elaboração de Projectos de Desenvolvimento e Cooperação;
- Docência.